O projeto internacional SONGS OF THE SOUL regressa a Portugal numa digressão única que envolve um conjunto de músicos internacionais de jazz, música clássica e música do mundo, que tocam arranjos e interpretam a música do Maestro Sri Chinmoy, um dos mais criativos músicos e compositores dos tempos modernos. Novamente nos palcos portugueses é possível reunir um grupo de músicos desta qualidade e excelência, que transportam a audiência para um mundo de beleza interior, de paz, alegria e harmonia.

Sri Chinmoy em Concert no Royal Halbert Hall em Londres

Estes artistas de vários países, imaginaram uma viagem através de uma vasta paisagem de expressão musical, clássica e moderna, de ritmo lento e acelerado, contemplativa e alegre, abrangendo também uma riquíssima multiplicidade de instrumentos musicais, desde os de cariz ocidental, a guitarra, o violoncelo, o violino, o piano ou a harpa até aos de origem oriental como o harmónio indiano, as tablas, a sítara e o bouzouki.

Sri Chinmoy a tocar Esraj

Nos últimos dez anos o SONGS OF THE SOUL realizou vários concertos, actuando nas principais cidades dos seguintes países: Austrália, Japão, Indonésia, Nepal, Mongólia, Estados Unidos, Reino Unido, Irlanda, Holanda, Ucrânia, Rússia, Croácia, Sérvia, Macedónia, Bulgária, Guatemala, Bangladesh, Áustria, Eslovénia, Hungria, República Checa, Canadá, Alemanha, Suíça, Itália, Islândia, Finlandia, Suécia, Noruega e Portugal.

Songs of the Soul em Nova Iorque em 2009

Este projeto musical esteve pela primeira vez em Portugal em 2011, no Mosteiro dos Jerónimos em Lisboa e, regressou a Portugal em 2013, passando, nessa altura, pelo Museu do Oriente em Lisboa, pelo Teatro Académico Gil Vicente em Coimbra, pelo Centro de Congressos de Aveiro e pela Casa da Musica no Porto.

Songs of the Soul no Mosteiro dos Jerónimos em Lisboa em 2011

Desta vez, o Songs Of the Soul, repete a sua passagem pelo Museu do Oriente em Lisboa, no dia 12 de março pelas 21h00, e leva a música de Sri Chinmoy a 3 novas cidades; nomeadamente, Leiria, dia 13 de março, pelas 21h00 no Teatro José Lúcio da Silva, Figueira da Foz, no dia 15 de março, pelas 21h00 no Auditório do Museu Santos Rocha, Guimarães, no dia 17 de março, pelas 21h30, no Auditório Nobre da Universidade do Minho.

O evento está desenhado este ano em 7 Atos musicais intercalados com projeção e poesia, numa duração aproximada de hora e meia.

Artistas convidados:

Ashru Dhara,

Alap and Lukas,

Heart of Joy,

Kanala Auer,

Mandu and Visuddhi,

Shamita’s Strings,

Paree’s International Group

Cada concerto é único, e proporciona uma viagem melódica que tem a profundidade, o poder e a vastidão da música de Sri Chinmoy tecendo uma experiência dedicada à jornada da alma humana. Como compositor, Sri Chinmoy tem sido enaltecido por músicos de renome incluindo Ravi ShankarLeonard Bernstein e Quincy Jones. Ao longo da sua vida, ofereceu cerca de 800 concertos para a paz em todo o mundo, todos eles gratuitamente, na crença de que a paz interior e a felicidade que ele procurava transmitir através da sua música, pertencia a todos.

Sri Chinmoy com Leonard Bernstein

Sri Chinmoy Com Ravi Shankar

 

 

 

 

 

 

Sri Chinmoy com Yehudi Menuhin

SONGS OF THE SOUL em homenagem ao seu mentor, Sri Chinmoy, pauta-se por uma tradição de doação, realizando todos os seus concertos gratuitos.

No sítio oficial na internet poderá obter toda a informação respeitante a este evento musical, bem como em relação às performances dos vários elementos constituintes: www.songsofthesoul.com

 

Related Articles